Por Sempre Floripa
 
  BOI DE MAMÃO      
 
   
 

A brincadeira do boi existe no folclore brasileiro com diversos nomes : Bumba-meu-boi, boi-bumbá, boi-de-reis, boi-da-cara-preta, boi-pintadinho, etc ... Em Santa Catarina a brincadeira era conhecida como “Boi de Pano” mas com a pressa de se fazer à cabeça foi utilizado um mamão verde, daí seu nome atual.

 
 
 
Florianópolis
 

A origem deste folguedo é controversa, algumas versões dizem que foi trazido por nordestinos que fizeram sua transposição para a ilha. Outros afirmam que na Espanha e Portugal existiu uma brincadeira similar e que possivelmente foi trazida depois da invasão espanhola à ilha de Santa Catarina ou com imigrantes açorianos. Ainda quem defenda ser manifestação de origem africana.

Indiferente da origem, o “Boi de Mamão” é hoje uma das manifestações mais populares do litoral catarinense, revela em um auto-dramático, encenado com alegre coreografia e ao som de uma cantoria contagiante que encanta e envolve crianças e adultos. A historia conta o drama do boi que fica doente, morre e é ressuscitado, para a alegria dos participantes. A auto divide-se em cenas, cada qual com música, letra e seu personagem central o boi.

Personagens

O “Vaqueiro”: Chefe do bando é conhecido como “chamador”, ou ainda por “Mateus”. Ele vai sempre à frente, tendo à mão um bordão para chamar o “boizinho”. Ao lado de outros figurantes, o Mateus é o responsável por tornar a brincadeira mais divertida, pois é ele que fica entregue as palhaçadas e a dramatização do auto.

A Maricota: Mulher altíssima, alegre, vaidosa e desengonçada, que ao dançar rodopiando esbarra seus enorms braços e nunca sabemos se ela vai fazer carinho ou dar um tapa na orelha da gene quando se aproxima.

O elemento principal é o boi, portanto, personagem obrigatório  e que tem um nome qualquer: Pintado, Malhado, etc ... A não ser na hora em que brinca, o boizinho mantêm-se deitado, atende só aos chamados do “chamador”, seu patrão.

A “Bernunça” é totalmente catarinense, que segundo alguns estudos, seria uma estilização do dragão chinês, trazida para nossa cultura pelos imigrantes. Ela é um bicho gigantesco e fantasmagórico que durante sua apresentação investe sobre o público engolindo crianças e dando à luz, em seguida, uma bernuncinha.
Ainda tem importantes personagens, como o “Seo Doutor” e o cavalinho. Junto aos coadjuvantes que interagem com quem assiste a brincadeira tornando ainda mais lúdico este folguedo, tais como o urso preto, urso branco, macaco, cachorro, urubu, marimbondo, cabrinha entre outros que aparecem de acordo com a região e peculiaridades de cada grupo.

O boi de mamão é uma brincadeira muito popular, que continua sendo realizada anualmente. O boi já morreu e renasceu em muitos momentos históricos, esse boi se transforma, some, reaparece, se curva, vai brincando com a vida e alegrando os corações de crianças e adultos.

 
     
Por Sempre Floripa
 

www.porsemprefloripa.com.br | info@porsemprefloripa.com.br | Todos os direitos reservados